– Separa os ovos pra mamãe?
Foi dia de omelete e logo Maria pede para ajudar. Ela gosta de novidades e cozinha pra ela é uma novidade.
Sabia também que ela ia querer a parte mais difícil. Gosta de desafios: quebrar os ovos! Se pra aprender tem que “botar a mão na massa”, não se pode ter estresse caso a criança faça uma baguncinha. Mas não fez. Quebrou direitinho os ovos sob a orientação da mamãe.

Quis também aprender a bater os ovos com o garfo. Com tudo separadinho vamos nós para a confecção.
Jogar os ingredientes na frigideira é tarefa prazerosa pra ela. E a mamãe adverte: – levanta o bracinho para não encostar na frigideira quente.
Nossa omelete ficou assim. Saborosa demais!

Agora a Senhorinha quer ajudar a lavar também. Cresceu, já está conseguindo alcançar a pia.
Gosto de Maria na cozinha, principalmente quando ela fala em ajudar espontaneamente! Seja pra tomar gosto pela culinária, para aprender o básico ou mesmo pra ajudar a mamãe. É preciso deixar que as crianças explorem esse ambiente. Sempre supervisionando, ensinando o que é preciso ter cuidado, o que machuca, o que queima ou o que pode mexer mais tranquilamente. Aprender na cozinha também faz parte do desenvolvimento das crianças. E de mais a mais, torna-se uma interação deliciosa!  
Omelete Maria e Mamãe
6 ovos
1 tantinho de cebolinha
1 tantinho de rúcula
1 tantinho de calabresa picadinha
1 tantinho de queijo picado
orégano
1 – Joguei o ovo batido na frigideira teflon que não agarra (aproveitei o óleo da calabresa)
2 – Depois de começar a desprender do fundo, acrescentei todos os ingredientes com cuidado e espalhando bem na frigideira, finalizando com o queijo
3 – Dobrei a omelete e deixei tostar mais, virando de um lado e depois do outro.
Pronta nossa Omelete!  :)